segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Palestra no Rancho do Himalaia em 31.01.2010


Treinamento para a Felicidade


O ser humano pode ser treinado para ser feliz? Pesquisa da revista veja computou 88% de respostas afirmativas.
Com Efeito, aprendemos com Allan Kerdec em O Evangelho Segundo o Espiritismo, em mensagem espiritual a lição para os espíritas:
Os homens semeiam na terra o que colherão na vida espiritual: os frutos da sua coragem ou da sua fraqueza.
Allan Kardec

AMAI-VOS E INSTRUÍ-VOS

Ninguém tem dúvida de que o Codificador, responsável pela codificação da Terceira revelação, contou com o Espírito de Verdade, que é o enviado do próprio Senhor Jesus Cristo, para renovar seu evangelho, tendo a educação(leia-se treinamento) como ferramenta para a evolução da espécie humana.
É claro que herdamos a maioria dos nossos caracteres de vivências passadas, mas a experiência terráquea acrescenta muita coisa à nossa\nova vida corporal, e não viemos para sofrer, mas para progredir. Pode-se gozar da felicidade ainda neste mundo. Podemos colaborar para isso, adotando uma atitude positiva diante da vida. Nutrindo Esperança. Construindo pensamentos que contenham um crescimento, um progresso.

Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade.

Então, se podemos ser treinados para sermos felizes, eis alguns conselhos à luz do evangelho:

1- PERDOAR 70 VEZES 7 – Ao usar tal metáfora, Jesus quis enfatizar que não bastava perdoar esta ou aquela pessoa, mas a todos, indistintamente. Volver a outra face também significa olvidar as ofensas. Amar aos próprios inimigos quer dizer considerá-los espíritos na infância da evolução. Reconciliar-se é não guardar mágoa ou ressentimento, esquecendo tudo. Essa regra enquadra-se com o ensinamento maior de amar o próximo como a si mesmo.
Os espíritos protetores nos ajudam com os seus conselhos, através da voz da consciência, que fazem falar em nosso íntimo - mas como nem sempre lhes damos a necessária importância, oferecem-nos outros mais diretos, servindo-se das pessoas que nos cercam.
Allan Kardec
2- SER POBRE DE ESPÍRITO- Que não significa humilhar-se, mas não se exaltar. Ser pequeno e simples como a criança, despido de preconceitos, mente aberta e livre, jovial e amoroso com uma certa ingenuidade e boa- fé, embora tendo a prudência das serpentes, como ensinou o nazareno.
3- SER MANSO E PACÍFICO- Ter a paz dentro de si mesmo, resplandecendo para os outros tudo de bom que anima o seu ser. Dizem que ninguém viu Jesus rir, mas o contrário, o viram chorar. Ele chorou de piedade, ante aqueles que teimavam em não receber o seu treinamento(Evangelho). Ser calmo, pacífico e pacificador, sereno e amigo. Alegrar-se com o que tem, valorizando o ser, em detrimento do ter. Aprender a observar e tirar proveito das coisas pequenas, dos valores espirituais, imorredouros, que a traça não consome e o ladrão não carrega. Contentar-se sem ser inativo. Buscar sem compulsão.
A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros.
Allan Kardec
4-SER LIMPO DE CORAÇÃO-Que implica dentro de si remorso por condutas que considera deploráveis, pois o maior Juiz de todos os tempos somos nós mesmos, a nossa consciência. Assim, examinar o próprio ato, assinalando as faltas que não deve repetir, afastando condutas de que possa arrepender-se logo depois ou mesmo mais tarde. Não maltratar os companheiros. Não ofender os irmãos em Cristo, que são os que nos cercam(“quem é minha mãe, quem são meus irmãos”). Ser um livro aberto a qualquer questionamento. Botar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente. Pedir perdão das faltas cometidas, nesta e em outras vidas passadas, fazendo tudo ao seu alcance para redimir-se, ajudando aos que machucou(a lei das reencarnações em muito auxilia) ou mesmo aos que necessitam, pois “ AO AGASALHAR E DAR ALIMENTOS A UM DESSES PEQUENINOS, A MIM O FARÁS”.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Você nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres ajudando aos outros encontrarás os recursos de que precise

5-SER MISERICORDIOSO-Ser piedoso, amoroso, pois “ FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO” , no dizer lapidar do Apóstolo Paulo de Tarso. Ser solidário com o sofrimento alheio. Interagir com outras pessoas. Participar da comunidade. Engajar-se em obras meritórias e assistenciais. Isto dá uma real satisfação pessoal.
O homem é assim o árbitro constante de sua própria sorte. Ele pode aliviar o seu suplício ou prolongá-lo indefinidamente. Sua felicidade ou sua desgraça dependem da sua vontade de fazer o bem.
Allan Kardec
6-AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO- Esta máxima do CRISTO sintetiza todo o evangelho. Se nós gostamos de nós mesmos, primeiro é preciso aprender a gostar ou amar o próximo. Ao espargir perfume, sempre restam gotículas em nossas mãos. O amor, incondicional, sem barganha e sem esperar recompensa é o grande caminho para a Paz interior, para a alegria, para a felicidade.
ASSIM, PODEMOS APRENDER A SER FELIZES.

A questão mais aflitiva para o espírito no Além
é a consciência do tempo perdido.

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."
Chico Xavier

"O Cristo não pediu muita coisa, não exigiu que
as pessoas escalassem o Everest ou fizessem
grandes sacrifícios. Ele só pediu que nos
amássemos uns aos outros."
Chico Xavier


Viva a vida com alegria.

Conte seu jardim só por suas flores
e nunca pelas folhas caídas no chão.

E a vida pelas horas mais felizes
e não pela escuridão.

Conte suas noites pelas estrelas,
nunca pelas sombras que vão deixar.

E a vida pelos encantos dos sorrisos,
não pelo seu chorar.

Viva a vida com alegria!
Contando-a não pelos seus dias mas pelo bem que conseguiu...