quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Rock In RIO - Vale Uma Reflexão?

Prezados amigos(as) e irmãos(ãs)!

Nas recentes apresentações do evento intitulado, o evento do ano, como o Rock in Rio, fiquei fazendo uma reflexão: Estamos realmente em um estágio em que as pessoas terão suas últimas oportunidades de retornarem ao planeta ou nele permanecerem.
Arquitetei em minha mente o que os jovens estavam indo buscar naquele rítmo frenético onde predominava a alienação, o descontrole emocional e o incentivo a violência de certos cantores, bem como víamos bandas com aspectos horrorozos trazidos do Umbral,onde pessoas muitas vezes no seu descanço corporal, se liberta do corpo e vive nessa faixa vibratória.
Muitas bandas faziam apologia ao horror, as alucinações, onde as pessoas naqueles rítmos tresloucados faziam consumo de bebidas alcóolicas(droga lícita) e drogas ilícitas, onde os jovens em estados alucinógenos dançavam de diversas formas e idolatrando pessoas que passavam uma imagem de desquilíbrio para todos e que muitas vezes servem de parâmetro para suas atitudes.
Sei que nem todas as bandas são assim (pois tem Cantor|banda que até tem deficiência visual e fala de amor), me refiro as que tem descontrole emocional, onde parece que o primatismo está de volta em lugar do amor, da inteligência e a harmonia espiritual que percisamos.
Nós Espíritas precisamos repensar essas práticas de desequilíbrados que se passam como ídolos de uma responsabilidade singular perante o próximo.
Que Jesus os abençõe, sempre em busca de um mundo melhor! Que possam acordar!
Vamos orar por todos com amor, para que as pessoas se conscientizem da necessidade de progredir encarando a razão de frente.
Muita paz em Cristo! Ave Jesus!
Por Antonio Carlos Laranjeira Miranda