terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Como Reagir...

Uma contribuição da Irmã Hildete Brito

Diante de um fato da natureza,que mostra sua fúria,levando consigo
sonhos desfeitos,familias separadas pela dor,mas eu não quero aumentar
ainda mais a sua dor, a minha dor , nem ao menos tenho o direito de hoje SORRIR
Não posso nem ao menos erguer meus braços ,demonstrar que posso AJUDAR,
a distância é longa e me impede.
Que EGOISMO o meu,acreditar que existe distância me separando de alguma coisa
se minha vontade de ser SOLIDÁRIO existe dentro de mim,não há barreiras
que não possam ser transpostas.
A chuva venho sim,demasiadamente forte ??sim,enquanto algumas regiões
sofrem com a seca ,outras com as enchentes,.
Quem entre nós não teve em sua vida ,um sentimento de PERCA?
ele pode ser material,como pode ser pessoal,.
Todos dias perdemos algo ,e em muitos casos só nos damos conta
quando realmente PERDEMOS...
Hoje ,se fala na tragédia da chuva,e amanha???Amigo(a)
Pare e reflita o quanto vc ainda tem por perder.
Nada que vc construir neste mundo terreno,terá valor na outra esfera da vida.
Portanto não se prenda tanto a bens materiais e sim a sua vida.
A vida de quem vc ama ,ela sim tem valor e sentido e merece ser vivida.
Não deu pra adquirir algo este mês?espere pacientemente pelo mês seguinte
mas não se perca entre carnes e notas fiscais,controles remotos e tudo mais.
Se doe para a vida,dedique algum tempo de sua vida para o próximo
pois estara assim perdoando a si mesmo pela vida que não se
permitiu viver.
Não espere pela tempestade,e sim pelo sol que brilha em seu caminho
Se a tempestade vem é porque em algum ponto a natureza
sentiu se atingida ,ou melhor invadida em sua vida natural .
Não estou aqui pra julgar ,porque não teria capacidade
de julgar a mim mesmo,mas fazer com que vc reflita
e leve adiante essa mensagem
juntamente com um pouco de sua SOLIDARIEDADE.