quinta-feira, 2 de junho de 2011

A Desonestidade...

Uma contribuição do Irmão Ivanildo farias

Esta palavra nos remete a uma reflexão profunda, e o seu entendimento
pode ser estendido a todos os campos de nossa vida, o material,
o profissional, o social, o emocional e o espiritual.
Em qualquer campo de nossa vida temos uma certeza,
que a desonestidade denota a nossa moral e o nosso caráter,
porque em qualquer das circunstâncias não contamos com a verdade
para nossas ações e sentimentos.
Ser desonesto só nos leva a uma ilusão momentânea de ter se dado bem
em algum episódio, mas com certeza seremos cobrados por
nossa consciência e não teremos como ser desonestos com ela,
porque a nossa consciência não se deixa corromper, é ela
que por muitas vezes nos trás a realidade das situações
e ações que tomamos agindo de má fé,
querendo utilizar-se da lei da vantagem.
Não sairemos impunes do uso da desonestidade, isto é fato
e contra fatos não há argumentos, portando devemos rever nossa
conduta todas as vezes que por algum motivo prejudicarmos alguém.
Quando reconhecemos nossa falta, temos a oportunidade
de utilizarmos à humildade de pedirmos o perdão
e nos redimirmos pelos erros cometidos, e com isso estaremos
melhorando nossa condição moral e adquirindo o aprendizado
de que o caminho mais curto pode não ser o mais seguro,
nele poderemos cometer deslizes de conduta que podem
nos trazer muito sofrimento.
Utilize-se sempre da verdade em tudo na sua vida,
não utilize a desonestidade como caminho, porque com certeza
a sua consciência lhe cobrará uma postura mais adiante.
Pense Nisso!!!