domingo, 20 de novembro de 2011

Nunca perca a Esperança, Pois Temos um Pai que Controla tudo!

Queridos(as) Irmãos(ãs)

Hoje tenho um relato que vai reforçar O título acima.
Há uns vinte anos atrás, sofri uma infecção nas amídalas, a qual foi diagnosticada após um leucograma onde a contagem de leucócitos chegou a 14.000, fiquei hospitalizado onde me foram aplicados medicamentos para combater a infecção. Após a aplicação dos medicamentos desenvolvi uma reação alérgica muito forte, onde o médico que cuidava de mim aplicou corticóides para aliviar a reação alérgica.
Aconteceu que o mesmo médico talvez por esquecimento continuou com os corticóides mesmo após a melhora da alergia o que fez minhas defesas orgânicas cairem e os leucócitos chegaram a 20.000.
Mas, Deus que tudo sabe, mandou meu querido irmão médico que estava viajando(hoje está na Espiritualidade) que ao saber se dirigiu ao hospital que Eu me encontrava e conversou comigo, leu a prancheta de tratamento e localizou um erro no procedimento, pois notou se continuasse no corticóide não resistiria e pediu a mim que já me encontrava com dores no corpo todo, que falasse com o médico que Eu desejava ser transferido e que a partir daquele momento meu irmão iria tomar a frente do tratamento. O médico ficou meio receoso em me liberar com medo de descobrir seu erro. Mas, após várias argumentações de minha parte me liberou.
Então começou meu calvário, pois ao sair do hospital foi constatado que já estava com 41.400 leucócitos, sendo uma infecção generalizada, onde cheguei junto ao meu irmão e disse, mano: acho que vou morrer e Ele respondeu não vai não,vou fazer o possível e o impossível com a ajuda de Deus vc ficará curado.
A essa altura já me encontrava paralítico, verde, com dores terríveis e meu abençoado irmão sempre junto a mim, minha família estava toda já chorando, tinha noites que pensavam que eu não amanheceria o dia vivo, mas no auge da dor, cantava a música de São Francisco de Assis, onde minha mãe olhava para mim e desabava no choro. A espiritualidade maior que tomou meu amado irmão como instrumento para tratar meu corpo, sempre ajudou em todos os momentos, até que um dia Eu cantava a música de Francisco de Assis e orava, já pensando no desencarne, mas sempre mostrando confiança em Jesus, ouvir dentro de mim essas palavras que nunca esquecerei:"Nada temas Eu estou contigo", nesse momento virei para minha mãe e disse: mamãe, Eu vou ficar bom! Ela em desespero pensou que Eu tinha perdido a noção das coisas e me perguntou: Por que vc disse isso? Eu resposndi: Porque essa doença não pode comigo, pois Jesus está dentro do meu coração e vou vencer, qual doença pode com Jesus?
Meu querido irmão continuou com meu tratamento corporal e Jesus com o Espiritual e graças a esse ser Divino e Maravilhoso dentro de duas semanas já estava andando para o espanto de todos. Passei algum tempo me recuperando e não tenho nenhuma sequela graças a Misericórdia divina, com seus médicos maravilhosos ao comando de Deus Pai todo poderoso e ao meu querido e amado irmão que serviu de instrumento para a Espiritualidade.
Por tudo que passei, digo de coração, nunca perca a fé, seja em que momento for da sua vida, pois a misericórdia de Deus é infinita e vc não pode se adiantar a vontade do Pai de amor.
Obrigado Jesus por tudo que recebi do teu amor infinito!

Antonio Carlos Laranjeira Miranda.