sexta-feira, 18 de março de 2011

A Fala e a Simpatia

Simpatia constitui-se em alguns raios de bondade que nascem do coração e que, pelas vias da palavra, enriquecem o seu conteúdo. É por assim dizer, uma sintonia profunda com o amor e uma lavoura que se inicia no campo imenso do Espírito, pedindo ao agricultor cuidados imensuráveis, para que os frutos sejam abundantes e prestáveis.
Quem já deixa mostrar pela expressão, senão pela fala, certos raios de simpatia, está sendo convocado pelo próprio mundo interno a trabalhos valiosos, rumo a autoeducação dos sentimentos, ao aprimoramento dos pensamentos, a reparos profundos na vivência diária. Todavia, não se constroi uma cidade em um dia, e isso seria muito mais difícil no reino do Espírito. que requer da nossa parte muita perseverança, fé e confiança em Deus e em nós mesmos. trata-se de uma obra divina, pedindo muito, mas muito tempo, para a devida consolidação.
Entretanto é bom que comeces e se ainda não iniciaste, o esforço próprio é a porta pela qual todos os Espíritos iluminados passaram, compete a nós outros seguimos os seus passos.
Começa o dia dando graças a deus pela noite, não se esquecendodo apoio da tua feição, deixando alvorecer um sorriso de esperança, fortificando os humores com a paz, com a fé e com o amor, crendo nos valores que Deus te confiou, para que ato e fato nenhum retirem da tua personalidade a serenidade, advinda dessas virtudes evangélicas.
Continua o dia como o sol faz sempre, clareando, sempre vivificando tudo, como sentinela dos ceus a trabalhar na terra. Sabemos que és dotado de alguma simpatia; ilumina esse estado de almacom a palavra, na orientação do Cristo, falando e ouvindo na sintonia do bem que sempre vives. Se acodaste com o cheiro da melancolia, não saias do teu aposento com esse ranço constrangedor, copia o cão quando sai da água e exercita a tua mente para esquecer aquilo que te incomoda.
Usa do poder grandioso da prece e não deixes o tempo passar em vão, pois o trabalho é a esponja que ajuda a enxugar as sujeiras da imperfeição. Podes começar o labor em casa, nos primeiros cumprimentos do dia, com aquela disposição de otimismo, com aquele clima de esperança, que a vida te responderá na mesma dimensão em que te propuseste servir.

Do livro Horizontes da fala, de João Nunes Maia, pelo espírito Miramez.