quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Carta de Natal

Maria Dolores


Ninguém te esquecerá, Jesus, o berço pobre,

A noite, o frio, a palha, a estrebaria,

A estrela que surgiu no firmamento

E os pastores cantando de alegria!...



“Glória a Deus nas Alturas, Paz aos Homens

e toda a Terra!...” Temos na lembrança

A voz dos anjos que te acompanhavam

A mensagem de amor e de esperança...



Quantos conquistadores já passaram!...

Senhores do poder, altivos e aguerridos...

E quanto mais brilharam sobre os povos,

Mais desceram, por fim, aos museus esquecidos!...



Hoje, o Progresso atinge culminâncias;

É o cérebro a fulgir em triunfos supremos;

Mas quando a provação nos procura e domina

É sempre a Ti, Senhor, que recorremos.



Natal!... Os homens cantam separados...

Perdoa-nos, Senhor, os erros tais quais são.

Não nos deixes a sós, Amado Amigo,

Fica, Jesus, em nosso coração!...