terça-feira, 19 de abril de 2011

As Fraquezas Humanas

Uma colaboração da Irmã Hildete Britto

Quando falamos em fraquezas humanas,
temos que ter em nós a consciência de que ninguém é perfeito,
mas todos têm condições de melhorar.
Antes de julgar a fraqueza do outro, faça uma auto-análise em seus sentimentos
e veja se tem condições de apontar as fraquezas alheias.
Nesse caso, com certeza verá que tens mais modificações a fazer do que o outro.
Não se pode fazer de conta que tudo em você está perfeito,
porque se está na vida terrena é porque tem muito a melhorar
e esta é uma benção de Deus em sua vida, a oportunidade de melhorar
suas fraquezas, sejam elas materiais ou morais.
Quanto às fraquezas materiais, estas serão de fácil modificação
porque tens a condição para parar de fazer algo que não lhe faça bem.
Mas quanto às fraquezas morais, terás que percorrer um caminho
mais difícil, terá que ir além das barreiras da matéria.
O caminho a percorrer é de renuncia e muito amor no coração.
Veja que quando temos que renunciar a vícios morais
como a maledicência, orgulho, egoísmo o trabalho com nossos pensamentos
e sentimentos deve ser árduo sem tréguas, porque senão caímos nas tentações.
Não se envergonhe de ter fraquezas, envergonhe-se de não desvencilhar-se delas.
Porque você é forte o bastante para mudar tudo em sua vida
e principalmente os sentimentos que não sejam pautados no Bem e no Amor.